NOTÍCIAS
compartilhar este link
Briga de Titãs

28/11/2016 15:17:21
Taeq lança Cajuína Orgânica

17/11/2016 15:22:32
Morre Toninho Pratinha

21/10/2016 16:50:20
O futuro da Hanjin à deriva

04/10/2016 14:24:25
Ameaça de embargo

22/08/2016 14:58:11
Cuidados no pomar

04/08/2016 13:03:39
Sufresh FLIP chega ao mercado

20/07/2015 12:58:49
O suco que bate um bolão

16/03/2015 18:03:36
Consumo em queda

04/03/2015 09:06:51
O supersuco da Purity Organic

02/12/2014 15:27:46
Zone 8 lança chás premium

28/11/2014 17:29:15
Alta interrompida

25/11/2014 18:50:14
Suco volta a subir na Bolsa

21/10/2014 19:19:55
Edeka veta transgênicos

15/09/2014 07:37:58
Uma salada para beber

12/09/2014 13:02:00
O novo suco da Mello

09/09/2014 12:51:19
Suco volta a cair

08/09/2014 12:50:22
Suco volta a fechar em baixa

02/09/2014 12:47:06
Demanda enfraquece cotações

28/08/2014 12:37:42
A nova onda da Campbell

28/08/2014 12:36:27
O super suco da Juxx

28/08/2014 12:34:27
Vita Coco quer reinar na China

25/08/2014 12:29:49
O suco das Arábia

20/08/2014 12:28:16
Safra farta no Marrocos

18/08/2014 12:27:09
A laranja gigante

14/08/2014 12:21:44
Suco volta a subir na Bolsa

14/08/2014 12:21:44
Produção estável no Sul

06/08/2014 12:15:39
Mercado em baixa

05/08/2014 12:15:39
Laranja menor, lucros maiores

30/07/2014 11:56:33
Tempestade na demanda

29/07/2014 11:56:33
Suco estável

28/07/2014 11:56:33
Sem tempestade no radar

24/07/2014 11:56:33
Medo do furacão

22/07/2014 11:56:33
Em busca de direções

17/07/2014 12:16:24
Suco recua em NY

10/07/2014 11:49:32
Clima de alta

03/07/2014 11:44:03
Tempestades vem, suco sobe

02/07/2014 11:44:03
Queda mantida

30/06/2014 11:42:27
Queda se mantém

26/06/2014 11:19:54
Em busca de novas plantas

24/06/2014 11:19:54
A ciência gordurosa

24/06/2014 11:19:54
A próxima revolução verde

23/06/2014 11:19:54
O novo Captain Citrus

18/06/2014 10:54:40
Laranja para curtir

28/05/2014 10:45:00
Produtores organizam campanha para promover consumo da laranja

Estadão.com.br - 03/06/2016 - Os produtores conseguiram arrecadar R$ 50 mil com doações mínimas de R$ 200 para a campanha a ser veiculada na televisão brasileira nos próximos dois meses


Enquanto as principais associações de citricultores e da indústria de suco de laranja trocam acusações há décadas, produtores da Associação Brasileira de Citros de Mesa (ABCM) decidiram fomentar, por conta própria, uma campanha inédita no País para incentivar o consumo da fruta e da bebida. Após um debate surgido em grupo no aplicativo WhatsApp, os produtores conseguiram arrecadar R$ 50 mil em uma "vaquinha virtual", com doações mínimas de R$ 200, para a campanha a ser veiculada na televisão brasileira nos próximos dois meses.

O valor é quase 500 vezes menor que o de US$ 7 milhões (em torno de R$ 24,5 milhões) investidos pela Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR) para aumentar o consumo de suco na Europa, principal mercado da bebida brasileira, cujas exportações totais movimentam US$ 2 bilhões por ano. Segundo o presidente da ABCM, Emílio Fávero, um spot publicitário será exibido pela Rede Record a partir do dia 13 e, por conta dos meses mais frios, o primeiro vídeo da campanha mostrará que a vitamina C da fruta ajuda na prevenção a doenças como gripes e resfriados.

Na propaganda institucional à qual o Broadcast Agro teve acesso, além dos apelos à saúde, é mostrada uma família consumindo laranja e diversos produtos feitos da fruta. Fávero informou que outro vídeo com o tema relacionado à Olimpíada será produzido. "Além disso, a ideia é tornar a campanha perene, com veiculações sempre no começo e no meio de cada ano". Para isso, o presidente da ABCM espera que o grupo de apoiadores aumente, como ocorreu com o criado no WhatsApp e que se transformou no provedor da campanha.

"Inicialmente tínhamos cerca de 20 produtores, o grupo foi crescendo e chegou a 150 representantes do setor", disse. "Após o blábláblá de sempre sobre a necessidade de fomentar o consumo, a ideia da campanha prosperou com a vaquinha virtual. Agora vamos tentar uma verba mais fixa para ampliar essa campanha", concluiu.