NOTÍCIAS
compartilhar este link
Briga de Titãs

28/11/2016 15:17:21
Taeq lança Cajuína Orgânica

17/11/2016 15:22:32
Morre Toninho Pratinha

21/10/2016 16:50:20
O futuro da Hanjin à deriva

04/10/2016 14:24:25
Ameaça de embargo

22/08/2016 14:58:11
Cuidados no pomar

04/08/2016 13:03:39
Sufresh FLIP chega ao mercado

20/07/2015 12:58:49
O suco que bate um bolão

16/03/2015 18:03:36
Consumo em queda

04/03/2015 09:06:51
O supersuco da Purity Organic

02/12/2014 15:27:46
Zone 8 lança chás premium

28/11/2014 17:29:15
Alta interrompida

25/11/2014 18:50:14
Suco volta a subir na Bolsa

21/10/2014 19:19:55
Edeka veta transgênicos

15/09/2014 07:37:58
Uma salada para beber

12/09/2014 13:02:00
O novo suco da Mello

09/09/2014 12:51:19
Suco volta a cair

08/09/2014 12:50:22
Suco volta a fechar em baixa

02/09/2014 12:47:06
Demanda enfraquece cotações

28/08/2014 12:37:42
A nova onda da Campbell

28/08/2014 12:36:27
O super suco da Juxx

28/08/2014 12:34:27
Vita Coco quer reinar na China

25/08/2014 12:29:49
O suco das Arábia

20/08/2014 12:28:16
Safra farta no Marrocos

18/08/2014 12:27:09
A laranja gigante

14/08/2014 12:21:44
Suco volta a subir na Bolsa

14/08/2014 12:21:44
Produção estável no Sul

06/08/2014 12:15:39
Mercado em baixa

05/08/2014 12:15:39
Laranja menor, lucros maiores

30/07/2014 11:56:33
Tempestade na demanda

29/07/2014 11:56:33
Suco estável

28/07/2014 11:56:33
Sem tempestade no radar

24/07/2014 11:56:33
Medo do furacão

22/07/2014 11:56:33
Em busca de direções

17/07/2014 12:16:24
Suco recua em NY

10/07/2014 11:49:32
Clima de alta

03/07/2014 11:44:03
Tempestades vem, suco sobe

02/07/2014 11:44:03
Queda mantida

30/06/2014 11:42:27
Queda se mantém

26/06/2014 11:19:54
Em busca de novas plantas

24/06/2014 11:19:54
A ciência gordurosa

24/06/2014 11:19:54
A próxima revolução verde

23/06/2014 11:19:54
O novo Captain Citrus

18/06/2014 10:54:40
Laranja para curtir

28/05/2014 10:45:00
Mercado de águas cresce 12% em 2015, diz Zenith

Foodbev.com - 02/02/2016 - Segundo levantamento da consultoria, foram comercializados 5,5 bilhões de litros de águas naturais, funcionais e saborizadas


Enquanto o suco de laranja vem registrando queda no consumo na Europa e nos Estados Unidos, alguns segmentos como o de águas funcionais e saborizadas registraram aumento de 12% nas vendas no último ano, atingindo o patamar de 5,5 bilhões de litros comercializados de acordo com um relatório da Zenith International, consultoria especializada no mercado de bebidas.

De acordo com o relatório, esse nicho do mercado também registrou um crescimento da ordem de 11% em valor, chegando a US$ 12 bilhões. A expectativa é de que esse segmento duplique de tamanho nos próximos cinco anos, principalmente pelo rápido crescimento do consumo na região Ásia-Pacífico.

O relatório de águas funcionais saborizadas também identificou nove áreas-chave para focar o desenvolvimento de novos produtos desde 2013, sendo elas ingredientes naturais, sabores naturais, sabores diversificados, águas energéticas, águas com propriedades de  beleza e bem estar, águas vitaminadas, águas com proteínas, além de embalagens inovadoras e funcionais.

As águas naturais ainda dominam o mercado geral de águas, sendo responsáveis por cerca de 90% do volume global consumido, enquanto o consumo de águas saborizadas e funcionais é maior por pessoa na América do Norte, Oeste da Europa e a região da Ásia-Pacífico. China, Estados Unidos e Japão lideram em termo de volume total consumido por país.

O chairman da Zenith International, Richard Hall, afirmou que as águas funcionais oferecem benefícios adicionais para os consumidores preocupados com a saúde, com um valor agregado substancial para a indústria. Os ingredientes mais comuns adicionados a essas bebidas são vitaminas e minerais, além de ervas e sabores de frutas. Esses ingredientes geralmente são combinados para oferecer um pacote segmentado que reúne sabor, conveniência e estilo de vida com um apelo saudável.  “Nosso relatório de 2016 trouxe também todos as novidades em desenvolvimento mundial de produtos e tem o intuito de servir como referência para qualquer companhia que busque criar ou expandir a presença nesse mercado que cresce a passos largos”.