NOTÍCIAS
DO CAMPO
compartilhar este link
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Starbucks apoia cafeicultores

25/06/2015 11:52:08
Texas terá ajuda contra HLB

02/06/2015 12:57:45
Lista PIC

21/05/2015
Mercado espanhol segue incerto

16/03/2015 17:09:59
Licopeno contra o frio

18/02/2015 17:31:55
Greening causa perdas na China

19/01/2015 17:37:42
Produção estável no Sul

06/08/2014 12:15:39
Em busca de novas plantas

24/06/2014 11:19:54
Cancro em debate

07/05/2014 11:41:00
Todos contra o Cancro

17/04/2014 11:07:00
De olho no cancro

11/04/2014 12:11:00
De portas abertas

05/03/2014 16:27:00
Reforço Espanhol

25/02/2014 17:35:00
Uma vespa contra o greening

13/02/2014 12:22:00
Os prejuízos do frio

11/02/2014 13:29:00
Mais verba contra o greening

03/02/2014 11:12:00
Califórnia abaixo de zero

12/12/2013 16:14:00
Produção em queda

10/12/2013 15:43:00
Novas soluções

19/11/2013 14:33:00
Em busca de salvação

17/10/2013 13:31:00
Molécula pode salvar pomares

15/10/2013 11:06:00
Para falar de doenças

10/10/2013 12:51:00
O DNA do grenning

03/10/2013 15:07:00
Em busca de aliados

01/10/2013 12:11:00
De olho no inseto

24/09/2013 10:36:00
Capacitação contra doenças

12/09/2013 11:04:00
A safra de Steger

19/08/2013 19:09:00
Greening avança em SP

02/08/2013 15:24:00
Produção em queda

11/07/2013 15:46:00
Formulário contra o greening

10/06/2013 15:47:00
Laranjas em queda

11/04/2013 14:24:00
Doenças avançam

08/04/2013 12:23:00
Menos laranja na Flórida

12/12/2012 15:06:00
Um PIC contra as pragas

25/04/2012 14:34:00
Menos laranja na Flórida

12/04/2012 16:53:00
Safra de laranjas 18/19 deve ser de 288,29 mi de caixas

CitrusBR - 09/05/2018 - Volume, divulgado pelo Fundecitrus é 28% inferior à safra 17/18

A primeira estimativa para a safra 2018/2019 de laranjas do estado de São Paulo e triângulo mineiro é
de que sejam produzidas 288.290.000 de caixas de 40,8 quilos. O volume, se confirmado, representa uma
queda de 28% em relação à safra 2017/2018, que se encerrou em 398.350.000 de caixas de 40,8 quilos. Se
comparada à média histórica, a produção da nova safra é ainda 11% inferior. “Esses dados são importantes,
porque dão ao citricultor a informação necessária para se planejar”, afirmou Lourival Carmo Monaco,
presidente do Fundecitrus, ao divulgar os números.

Junto da estimativa, foi divulgada também uma atualização dos dados da Pesquisa Estimativa de Safra, o PES.
Assim, comparado com os dados de 2015, a área total com todos os citros registrou uma queda de 4% e ficou em
465.635 hectares, ante 482.591 hectares, um recuo de 16.956 hectares. Uma das maiores quedas percentuais de
área foi verifica nos pomares de laranjas, cujo recuo foi de 29.152 hectares ou 7%, passando de 430.622
hectares em 2015 para 401.470 hectares neste ano. ”Há uma relação muito grande dessa retração com a erradicação
de pomares por conta do greening”, afirmou o gerente geral do Fundecitrus, Juliano Ayres. A maior retração na
área plantada foi verificada na região Noroeste, cujo recuo foi de 12% ou 5.416 hectares, passando de 45.555
hectares para 40.139 hectares. Já a região Norte registrou a menor redução de área, 0,5%, passando de 85.687
em 2015 para 85.275 neste ano.

Por outro lado, a densidade média dos pomares vem melhorando e ficou em 484 árvores por hectare, somados pomares novos e adultos. A área plantada também aumentou e em 2017 chegou a 12.101 hectares ante 11.750 em 2015. Somados os plantios de 2015, 2016 e 2017, houve um aumento de 34.707 hectares, sendo 42% disso, ou 14.690 hectares foram áreas de expansão, enquanto 58% da área ou 20.108 hectares foram áreas de renovação.