LARANJA E SUCO
compartilhar este link
Tipos de Sucos e Bebidas de Laranja


O suco de laranja pode ser apresentado ao consumidor em três formas distintas:

Integral: sem adição de açúcares e na sua concentração natural.

Concentrado: parcialmente desidratado, do qual foi removida parte da água natural.

Reconstituído: a partir do suco concentrado, com adição de água. Deve atender aos mesmos parâmetros de qualidade do suco integral.

Quando se trata de néctares e refrescos, é outra modalidade de suco. Apesar de muitos consumidores o imaginarem como um suco especial, feito de uma laranja doce, o néctar de laranja é basicamente uma laranjada, pois na sua composição há o suco de laranja e açúcar. Uma bebida com uma participação de suco de laranja acima de 30% pode ser chamada de néctar de laranja. O mesmo acaba acontecendo com o refresco de laranja, que em sua composição é muito parecido com o néctar. O termo néctar é apreciado no Brasil e muito utilizado.

Nos últimos anos, com o aumento da oferta de néctar de laranja, a Europa diminuiu a importação de suco, especialmente do Brasil. Lá, a forte diferenciação entre sucos visa a dar maior proteção ao consumidor. Um refresco ou um drinque de laranja poderá conter os mesmos 30% de suco. Mas para ter o nome néctar, é necessário que a bebida contenha no mínimo 50% de suco de laranja.

Também é possível encontrar no Brasil os preparados líquidos, bebidas concentradas, seja para refresco pronto ou néctar de laranja. Nos supermercados é mais comum encontrar o néctar de laranja pronto para beber e o preparado líquido para refresco de laranja, a ser reconstituído pelo consumidor.

A lei brasileira exige que refrigerantes de laranja devam conter no mínimo 10% de suco de laranja, com adição de dióxidos de carbono para constituir uma bebida gaseificada, e a informação deve constar no rótulo. Para os néctares e refrescos, mesmo que gaseificados, não há essa obrigatoriedade. Além dessas modalidades, há os sucos desidratados e mistos.


Fonte: Revista Agroanalysis vol. 29 n°09, setembro 2009. Artigo "Como definir o suco de laranja", por Antônio Carlos Gonçalves (Gerente de Qualidade da Louis Dreyfus Commodities).