NOTÍCIAS
compartilhar este link
Notícias pelo mundo

06/12/2019 16:45:44
Notícias pelo mundo

29/11/2019 16:49:04
Clima favorece pomares

08/02/2019 11:36:47
Greening perto de zero

21/05/2018 11:12:28
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
27/09/2019
Produção cítrica de Andaluzia crescerá quase 4%

Fresh Plaza - 27/09/2019 - Estimativa é que o cultivo da laranja de andaluza possa representar 48,9% da produção nacional, número que no ano passado foi de 43%


Localizada na costa sul da Espanha, a região de Andaluzia espera aumentar em 3,7% sua produção, se comparado com a média das últimas quatro estações do ano, ultrapassando cerca de 2,18 milhões de toneladas. Esse volume representa mais de 35% do total estimado na Espanha (6,1 milhões de toneladas), segundo o estudo elaborado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária, Pesca e Desenvolvimento Sustentável da Espanha.

No total, foram quase 1,6 milhão de toneladas de laranja doce, cerca de 73% do total, 451.000 toneladas de tangerina, 21% do total, 102.300 toneladas de limão, 5% do total, cerca de 22.000 toneladas de Toranja e quase 12.000 toneladas de outros citros. Já com relação ao que realmente foi colhido ao longo da safra passada, a produção caiu 6,1%, principalmente devido a menor produção de laranja doce com uma queda de -10,6% e limão -16%. 

No entanto, estima-se que o cultivo da laranja andaluza possa representar 48,9% da produção nacional número que no ano passado foi de 43%.

Quanto a produção total das províncias, a que mais cresceu foi na região de Málaga, com 200.888 toneladas, 3,4% a mais de produção em relação à temporada passada. Já nas outras regiões, se mantem uma produção semelhante, como no caso de Almeria e Huelva, embora se espere que uma diminuição na produção atinja valores de -53,4% em Cádiz, -32,3% em Granada, -7,9% em Córdoba e -7,1% em Sevilha.

Na campanha 2019/20, Sevilha continuará sendo a principal província produtora de citros, seguida por Huelva e Córdoba. Entre as três, estima-se que elas representem 79% de toda a produção cítrica de andaluza e 84% da produção de laranja doce.

O mandarim será colhido principalmente nas províncias de Huelva, Sevilha e Almeria (93% entre os três), enquanto o limão está concentrado na área de Málaga e Almeria, que produzirá 97% do total. Em termos gerais, o ano agrícola foi mais seco do que o habitual e com temperaturas menos extremas no verão, não registrando grandes incidentes durante o desenvolvimento da campanha.