NOTÍCIAS
compartilhar este link
Clima favorece pomares

08/02/2019 11:36:47
Greening perto de zero

21/05/2018 11:12:28
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
22/02/2019
Citros continuará a crescer na África do Sul

Fresh Plaza - 22/02/2019 - Produção de laranja deve aumentar cerca de 5%, para 39,8 milhões de caixas na safra 2018/2019. Quanto as exportações da fruta, é previsto um aumento de 4%


O relatório da Rede Global de Informação Agrícola (GAIN) do Departamento de Agricultura (USDA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, mostra que a produção Sul-Africano de laranjas, toranjas, tangerinas, clementinas e limões, continuam seu forte crescimento ao longo do ano de 2018/2019. Isso, com base no aumento da área plantada, no alto nível de novas plantações nos últimos cinco anos e nas condições climáticas normais.

Os Estados Unidos continuam a ser um mercado chave para os citricultores sul-africanos que buscam manter e expandir o acesso ao mercado de laranjas moles e frutas cítricas. No período de 2017/2018, as exportações de citros para os Estados Unidos somaram US $ 47 milhões. O crescimento da produção e da oferta de laranja também levou a um aumento na produção de suco de laranja.

Segundo o relatório do GAIN, a produção de laranja aumentará cerca de 5%, para 39,8 milhões de caixas de 40,8 quilos em 2018/2019, devido ao aumento da área plantada, frutos de maior tamanho e condições climáticas favoráveis. Quanto as exportações da fruta, é previsto um aumento de 4%, para 1,33 milhões de toneladas no ano safra de 2018/2019, em função do aumento da produção, o crescimento na demanda da China e Hong Kong, e esforços bem sucedidos para abordar a Citrus Black Spot (CBS) no mercado da União Europeia.

Já a produção de toranja, deverá aumentar em 7%, situando-se em 450.000 toneladas em 2018/2019, devido ao aumento da área plantada e condições climáticas normais, bem como frutos maiores e um alto nível de novas plantações nos últimos cinco anos. Segundo as previsões, as exportações de toranja aumentarão em 8%, devido ao aumento da produção, forte demanda nos mercados globais, especialmente na Ásia e em alguns países da União Europeia (UE).

Tangerinas, clementinas e limões

As previsões de produção de tangerinas e clementinas deve aumentar em 7%, cerca de 300.000 toneladas no ano de 2018/2019, devido ao aumento da área plantada com condições meteorológicas normais e novas plantações nos últimos cinco anos. Espera-se também que as exportações de mandarinas e clementinas aumente em 7%, para 280.000 toneladas em 2018/2019, com base no aumento da estratégia de produção e da indústria de priorizar mercados de exportação como os Estados Unidos.

Já na produção de limões, o aumento deve ser de 4%, cerca de 480.000 toneladas no ano de 2018/2019, devido ao aumento da área plantada, condições climáticas favoráveis e de alto nível de novas plantações nos últimos cinco anos. Quanto as exportações, elas aumentarão em 5%, cerca de 330.000 toneladas em 2018/2019, dependendo do aumento da produção e do crescimento da demanda nos mercados do Oriente Médio e Ásia.