NOTÍCIAS
compartilhar este link
Greening perto de zero

21/05/2018 11:12:28
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
02/02/2018
China aumenta exportações de suco de maçã

Foodnews - 02/02/2018 - Redução da produção na Polônia abriu espaço para o crescimento do mercado chinês

O ano de 2017 foi excelente para as exportações de suco de maçã provenientes do mercado chinês. O país asiático registrou seu melhor momento em anos, especialmente por conta da queda de produção na Polônia e consequente redução a competitividade. Em dezembro de 2017, por exemplo, a China exportou cerca de 91 mil toneladas de suco de maçã, mais do que o dobro do volume exportado em dezembro de 2016, trazendo para o ano calendário um total de 654.740 toneladas de suco de maçã exportado, ante 506.560 toneladas em 2016.

Vale lembrar que a China começa a contar o início da temporada em 1º de agosto, enquanto os produtores europeus iniciam a temporada um mês depois, em 1º de setembro. Nos primeiros cinco meses da temporada, a China aumentou em mais da metade as exportações globais de suco de maçã, que passaram de 209.815 toneladas no mesmo período da safra 16/17 para 330.520 toneladas nos primeiros cinco meses da temporada 17/18.

Entre os principais destinos do suco de maçã chinês estão os Estados Unidos, que ainda é o principal comprador e cujo volume passou de 112.342 toneladas no período agosto-dezembro 2016 para 132.225 toneladas no mesmo período de 2017. Já na Europa, a China conquistou mais de 50 mil toneladas de negócios nesta temporada, o que representa quase todos os negócios perdidos pela Polônia.