NOTÍCIAS
compartilhar este link
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
Modelo Consecitrus II

04/02/2014 16:13:00
Mais verba contra o greening

03/02/2014 11:12:00
Produção em queda

10/12/2013 15:43:00
Momento de unir forças

01/11/2013 12:43:00
A safra de Steger

19/08/2013 19:09:00
Informação compartilhada

09/08/2013 11:09:00
Os caminhos da citricultura

25/04/2013 13:01:00
Citricultura na TV

11/04/2013 15:11:00
Laranjas em queda

11/04/2013 14:24:00
Doenças avançam

08/04/2013 12:23:00
Novos rumos para a laranja

13/03/2013 16:02:00
Os números da safra

08/03/2013 15:47:00
O mapa dos citros na Europa

03/01/2013 11:29:00
Menos laranja na Flórida

12/12/2012 15:06:00
Europa desvendada

16/10/2012 15:29:00
08/02/2017
Citricultores da Flórida buscam novas opções de culturas

Agência Estado 08/02/2017 - Com o aumento de doenças nas plantações e o baixo consumo do suco pelos americanos, os citricultores encontraram novas variedades de culturas.

Frente a duas grandes ameaças – uma doença que esgota os pomares de cítricos e um declínio dramático no consumo de suco de laranja -, a indústria de cítricos do Estado da Flórida, nos Estados Unidos, está buscando alternativas que vão de azeitonas a lúpulo e de romãs a pêssegos. 

Grande parte das principais culturas do Estado norte-americano – laranjas, toranjas e tangerinas – foi atingida por uma doença incurável chamada greening, que devastou pomares, prejudicando a produtividade e forçando alguns produtores a deixar o setor. 

A área da Flórida dedicada aos cítricos declinou significativamente nos últimos oito anos. Enquanto isso, o consumo per capita de suco de laranja nos Estados Unidos quase diminuiu pela metade nos últimos 12 anos.

A produção de suco de laranja da Flórida cedeu quase 70% em igual período. “Ainda é um setor importante na economia agrícola, especialmente nos condados rurais, onde os cítricos podem representar até metade da renda agrícola”, disse Alan Hodges, pesquisador da Universidade da Flórida, no Departamento de Economia de Alimentos e Recursos. “As perdas estão em bilhões de dólares por ano”, ressaltou, porém, o especialista.

No condado de Volusia, há esperança nas azeitonas. A nova cultura exige menos água, menos fertilizantes e menos agrotóxicos do que os cítricos. No condado de Hardee, o quinto maior município produtor de cítricos do Estado, funcionários estão experimentando pongamia (árvore nativa da Índia e da Austrália que produz oleaginosas semelhantes à soja), romãs e lúpulo, afirmou Bill Lambert, diretor de Desenvolvimento Econômico. 

Outro pesquisador da Universidade da Flórida, Brian Pearson, está no meio de um estudo para avaliar diferentes tipos de lúpulo, usado para fazer cerveja. Ele revelou que a planta pode se desenvolver na Flórida e que o crescimento de uma indústria artesanal no Estado pode oferecer um mercado para esta cultura.