NOTÍCIAS
compartilhar este link
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
Modelo Consecitrus II

04/02/2014 16:13:00
Mais verba contra o greening

03/02/2014 11:12:00
Produção em queda

10/12/2013 15:43:00
Momento de unir forças

01/11/2013 12:43:00
A safra de Steger

19/08/2013 19:09:00
Informação compartilhada

09/08/2013 11:09:00
Os caminhos da citricultura

25/04/2013 13:01:00
Citricultura na TV

11/04/2013 15:11:00
Laranjas em queda

11/04/2013 14:24:00
Doenças avançam

08/04/2013 12:23:00
Novos rumos para a laranja

13/03/2013 16:02:00
Os números da safra

08/03/2013 15:47:00
O mapa dos citros na Europa

03/01/2013 11:29:00
Menos laranja na Flórida

12/12/2012 15:06:00
06/01/2017
Zumex fatura milhões com espremedora de laranja

Freshplaza - 06/12/2016 - Empresa espanhola fabricante da máquina chegou a faturar 20 milhões de euros em 2016.

A empresa Zumex foi fundada há mais de 30 anos em Valência e encerrou 2016 com um crescimento de vendas de 33%. Nos últimos dois anos, passou de um volume de negócios de 13 milhões para os atuais 20 milhões de euros.
   
A fabricante começou com pequenas máquinas de espremer laranja, mas os lucros do grupo foram reinvestidos em novas máquinas que alcançaram velocidade crescente e capacidade maior de espremer a fruta. 

Em 2015 a Zumex assinou um acordo com a Mercadona e com isso fechou 2016 com um faturamento de cerca de 20 milhões de euros e distribuidores em mais de uma centena de países.
 
Além da Mercadona, que se tornou um dos seus principais clientes, a empresa tem crescido fortemente fora do mercado espanhol. Com apenas 77 trabalhadores, as vendas internacionais representam 90% do volume de negócios, com um impulso significativo nos Estados Unidos, França e Oriente Médio.