NOTÍCIAS
compartilhar este link
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
Modelo Consecitrus II

04/02/2014 16:13:00
Mais verba contra o greening

03/02/2014 11:12:00
Produção em queda

10/12/2013 15:43:00
Momento de unir forças

01/11/2013 12:43:00
A safra de Steger

19/08/2013 19:09:00
Informação compartilhada

09/08/2013 11:09:00
Os caminhos da citricultura

25/04/2013 13:01:00
Citricultura na TV

11/04/2013 15:11:00
Laranjas em queda

11/04/2013 14:24:00
Doenças avançam

08/04/2013 12:23:00
Novos rumos para a laranja

13/03/2013 16:02:00
Os números da safra

08/03/2013 15:47:00
O mapa dos citros na Europa

03/01/2013 11:29:00
Menos laranja na Flórida

12/12/2012 15:06:00
Europa desvendada

16/10/2012 15:29:00
21/10/2016
Americanos se aproximam da cura do greening

FreshPlaza - 21/10/2016 - Pesquisa da Universidade Flórida om edição de gene é nova aposta para o combater a doença.

Pesquisadores da Universidade da Flórida estão otimistas com a possibilidade de encontrar uma cura para a doença do greening. A aposta da vez é na utilização de uma ferramenta de edição de gene, conhecida como CRISPR, em inglês, (Clustered Regularly Interspaced Short Palindromic Repeats). Esse gene é baseado em um sistema de vírus que combate as bactérias usando o próprio DNA da planta, ou seja, elimina-se os genes ruins e preserva-se os bons.
 
O professor da Universidade da Flórida responsável pelo CRISPR, Nian Wang, acredita que produzindo variedades imunes da doença poderá eliminar por décadas a doença que devastou fazendas de laranja na Flórida.
 
Esse processo já tem sido utilizado como possível cura para uma ampla gama de doenças genéticas em seres humanos, e Wang demonstrou ser possível trabalhar esse mesmo método em citros. Ele foi o responsável pela produção de uma variedade de grapefruit resistente a uma antiga ameaça a produção da laranja, o cancro cítrico.
 
A pesquisa recebeu um investimento inicial de US$ 500 mil  subsidiado pela Fundação de Pesquisa e Desenvolvimento do Citrus (CRDF, na sigla em inglês) e também contou com o apoio do governo da Flórida com investimentos de US$ 1 milhão  por três anos.