NOTÍCIAS
compartilhar este link
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
18/10/2016
Temporada não será boa para produção de cítricos na Flórida

Portal UOL - 18/10/2016 - Segundo o Departamento de Agricultura americano, houve uma queda de 14% na produção de laranjas e de 11% na de pomelo em relação ao ano anterior.

A previsão do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos para a temporada 2016-2017 de frutas cítricas na Flórida é desfavorável, com uma queda de 14% na produção de laranjas e de 11% na de pomelo em relação ao ano anterior, informaram nesta segunda-feira veículos de imprensa locais.

O Departamento de Agricultura prevê para os produtores de frutas cítricas da Flórida, o segundo maior produtor de suco de laranja do mundo, uma produção de 70 milhões de caixas de laranjas para esta temporada, frente aos 81,5 milhões de caixas recolhidas em 2015-2016.

Em relação aos pomelos, as previsões para a temporada que termina em junho de 2017 indicam uma produção de 9,6 milhões de caixas.

O comissário de Agricultura da Flórida, Adam Putnam, afirmou em comunicado que a previsão é "desalentadora" e uma prova dos "tempos difíceis vividos pela indústria de cítricos" da Flórida, segundo o canal "NBN 6 South Florida".

A queda da produção de laranjas e pomelos é consequência direta da doença de "enverdecimento dos cítricos", que afetou mais de 550 mil acres (22.275 quilômetros quadrados) de plantações.

Na temporada 1997-1998, quando o cultivo estava livre desta praga, a produção era de 244 milhões de caixas de cítricos.

Esta doença, que provavelmente se originou na China no início do século XX, também é responsável pelo aumento dos custos nos cuidados das plantações, que duplicaram até chegarem a US$ 2 mil por acre plantado.

A indústria de cítricos da Flórida gera mais de US$ 9 bilhões anuais e é responsável por três quartos da colheita de laranja dos Estados Unidos.

Os mais de 12 mil produtores de cítricos cultivam cerca 100 milhões de árvores, o que transforma o estado da Flórida no maior produtor mundial de pomelo e no segundo do continente na colheita de laranjas, sendo apenas superado pelo Brasil.