NOTÍCIAS
compartilhar este link
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
28/09/2016
Suco de laranja pode melhorar função cognitiva

Freshplaza - 28/09/2016 - A nova descoberta mostra que um copo de suco de laranja rico em flavonoide melhora a função cognitiva.

Comprovando que o suco de laranja tem muitos benefícios, uma pesquisa realizada com o público masculino por cientistas da PepsiCo em conjunto com a Universidade de Reading, mostrou que ao consumir o suco de laranja é possível melhorar a função cognitiva.    

Os dados publicados no European Journal of Nutrition indicaram que um copo de 240 ml de suco de laranja que é rico em flavonoides, foi associado com altos níveis de atenção, melhorando a execução e velocidade psicomotora em homens de meia idade. 

Segundo afirmam os pesquisadores, "Os dados mostram que sucos à base de flavonoides podem melhorar a cognição em adultos saudáveis. O aumento de consumo de frutas e alimentos ricos em flavonoides ao longo da vida está associado a benefícios cognitivos e reduzindo ao risco de doenças neuropsicológicas, além da atenuação cognitiva que é induzida devido ao envelhecimento natural."

Os pesquisadores recrutaram 24 homens saudáveis com idades entre 30 e 65 anos para participar do  teste cego. Os pacientes foram divididos aleatoriamente em suco de laranja contendo 272 mg de flavonoides e um placebo combinado contendo teor calórico, com uma interrupção de duas semanas.

Uma bateria de testes revelou que, em comparação com o placebo, os flavonoides contidos no suco de laranja foram associados com um desempenho significativamente melhor nas funções psicomotoras.