NOTÍCIAS
compartilhar este link
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
17/08/2016
Produtores de limão se unem contra o cancro cítrico

Fundecitrus - 17/08/2016 - Setor citrícola se reuniu no Fundecitrus para debater as dificuldades encontradas na produção e na comercialização, já que a doença está crescendo.

Produtores de limão do estado de São Paulo se reuniram no Fundecitrus para discutir as dificuldades de produção e comercialização da fruta com a presença do cancro cítrico – estimado em 9% dos talhões, atualmente – e propor uma união para ações conjuntas de educação e prevenção e dar agilidade ao andamento das mudanças na legislação de controle da doença.

A preocupação é que o aumento da incidência do cancro cítrico nas regiões produtoras de limão comprometa o comércio da fruta, sobretudo as exportações que hoje representam a maior fatia de negócios do setor.

A falta de conhecimento dos citricultores à respeito da doença e de fiscalização dos packing houses são alguns dos desafios a serem ultrapassados para regular o setor no controle do cancro cítrico.

“Tanto os produtores de laranja quanto os de limão entendem que a situação atual do cancro cítrico demanda outra atitude. Por décadas a supressão em São Paulo foi eficiente, mas com a mudança da legislação para a erradicação apenas da planta doente e o crescimento da doença no estado, é preciso repensar a legislação para a mitigação de risco, seguindo um rígido protocolo de controle”, afirma o gerente do Fundecitrus, Juliano Ayres.

O Fundecitrus irá dar o suporte necessário para a orientação técnica dos produtores sobre o manejo do cancro cítrico.

“A aproximação entre Fundecitrus e o setor de limão é muito favorável, assim como a postura de supressão para mitigação de risco. Sem sombra de dúvida, a experiência a instituição vai auxiliar em muito com pesquisa e treinamento. É condição indispensável para o setor de limão estar associada e uma instituição com essa experiência e credibilidade”, afirmou o presidente da Associação dos Produtores e Exportadores de Limão (ABPEL), Afonso Castellucci.

Na semana que vem, os produtores devem se reunir com a Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) e ainda expor a preocupação do setor na reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Citricultura, que será realizada em Brasília.