NOTÍCIAS
compartilhar este link
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
Modelo Consecitrus II

04/02/2014 16:13:00
Mais verba contra o greening

03/02/2014 11:12:00
Produção em queda

10/12/2013 15:43:00
Momento de unir forças

01/11/2013 12:43:00
A safra de Steger

19/08/2013 19:09:00
Informação compartilhada

09/08/2013 11:09:00
Os caminhos da citricultura

25/04/2013 13:01:00
Citricultura na TV

11/04/2013 15:11:00
Laranjas em queda

11/04/2013 14:24:00
Doenças avançam

08/04/2013 12:23:00
Novos rumos para a laranja

13/03/2013 16:02:00
Os números da safra

08/03/2013 15:47:00
O mapa dos citros na Europa

03/01/2013 11:29:00
Menos laranja na Flórida

12/12/2012 15:06:00
13/06/2016
Fundecitrus lança sistema de monitoramento para "estrelinha"

CitrusbR - 13/06/2016 - Projeto permite acompanhar condições climáticas em tempo real e identificar chances de incidência da doença

O Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), lançou no último dia da semana de citricultura o novo 
sistema online de previsão para a podridão floral, doença popularmente conhecida como "estrelinha". O sistema, resultado de mais de cinco anos de pesquisas é uma ferramenta eficaz para ajudar o citricultor a monitorar as condições climáticas de cada talhão do pomar e identificar a necessidade ou não de pulverização para prevenir contra o aparecimento da doença. 

"Com essa ferramenta online, o produtor pode fazer o planejamento das pulverizações com informações climáticas em tempo real, o que deve gerar economia de custo e melhor eficiência no combate ao problema", explica Geraldo José da Silva Junior, pesquisador responsável pelo projeto. Para tanto, o produtor precisa ter instalado na propriedade, uma mini estação de monitoramento do clima, que irá enviar informações diretamente para o programa no computador. "O ideal é que haja uma estação a cada raio de 5 quilômetros", explica Junior. Por meio do sistema, que é gratuito, o produtor pode acompanhar os índices de umidade em áreas diferentes do pomar, verificar o percentual de risco de aparecimento da doença a partir dos dados detalhados sobre as variações climáticas em cada área. 

Os produtores interessados em utilizar o programa podem entrar em contato com o fundecitrus para obter o login e senha de acesso ao sistema.