NOTÍCIAS
compartilhar este link
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
Modelo Consecitrus II

04/02/2014 16:13:00
Mais verba contra o greening

03/02/2014 11:12:00
Produção em queda

10/12/2013 15:43:00
Momento de unir forças

01/11/2013 12:43:00
A safra de Steger

19/08/2013 19:09:00
Informação compartilhada

09/08/2013 11:09:00
Os caminhos da citricultura

25/04/2013 13:01:00
Citricultura na TV

11/04/2013 15:11:00
Laranjas em queda

11/04/2013 14:24:00
Doenças avançam

08/04/2013 12:23:00
Novos rumos para a laranja

13/03/2013 16:02:00
Os números da safra

08/03/2013 15:47:00
O mapa dos citros na Europa

03/01/2013 11:29:00
Menos laranja na Flórida

12/12/2012 15:06:00
05/10/2015
Preço do limão tahiti sobe 62% em setembro, diz Cepea

Cepea - 05/10/2015 - Levantamento verificou valor de venda média de R$ 45 a caixa de 27 quilos

O mercado de limão tahiti registrou o maior preço em setembro deste ano, segundo levantamento feito pelos pesquisadores do Cepea. De acordo com o Centro, a variedade foi comercializada por em média R$ 45,00 a caixa de 27 quilos. O valor é o maior registrado para o mês de setembro desde que a série Cepea começou, em janeiro de 1996.

O preço médio registrado em setembro foi 62% maior do que o verificado em agosto e 49% superior à média de setembro de 2014. Esta foi a sexta alta consecutiva no preço da fruta em 2015.

Segundo pesquisadores do Cepea, o volume de fruta disponível ainda é baixo, já que a variedade está na entressafra. Agentes estimam que os próximos dois meses devem ser os de menor oferta do ano e, consequentemente, de maiores preços. Esse cenário pode atrair vendedores de fruta de outros estados, como Minas Gerais e Bahia.