NOTÍCIAS
compartilhar este link
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
29/06/2015
App promete ajudar no controle do greening nos EUA

Freshplaza.com - 29/06/2015 - Sistema foi desenvolvido por pesquisador da Universidade da Flórida e está em fase de testes

A Flórida tem aproximadamente 70 milhões de árvores de citrus em mais de 177 mil hectares. Agora imagine saber ao certo qual pesticida deve ser aplicado em cada uma das plantas para mantê-las protegidas contra o greening? Pois um pesquisador da Universidade da Flórida, afirma que a resposta está a um clique do smartphone. James Tansey desenvolveu um aplicativo em parceria com a ZedX, batizado previamente de flCHMA, uma abreviação de Florida Citrus Health Management Areas ou Gestão de Saúde de Áreas de Citrus da Flórida.

O aplicativo permite aos citricultores registrar uma série de dados sobre cada área, para controle do manejo – incluindo tipo de colheita, insetos encontrados, data da colheita, histórico de aplicações e até se o pomar é voltado para frutas de mesa ou suco para mercado interno ou externo. Depois de acessar e preencher as principais informações no aplicativo, os citricultores podem escolher entre cerca de 150 produtos diferentes para matar o psilídeo. Novos produtos são adicionados à lista conforme são aprovados. Os agricultores podem ainda filtrar a busca por produtos levando em conta custos e efeitos sobre insetos benéficos (como abelhas), entre outros fatores.

Segundo o pesquisador, essas informações permitem determinar o melhor tipo de pesticida para ser utilizado em cada área. As informações ficam registradas no sistema  e ainda é possível manter o controle e a localização exata da área por meio do gps.

“O aplicativo é grátis e já está disponível para o sistema Android para testes”, afirmou Tansey, que é pesquisador de pós-doutorado do Instituto de Ciência em Alimentos e Agricultura  da Universidade da Flórida. Ele afirmou ainda que o app está em fase de teste e que neste período, está em busca de citricultores que possam testar e emitir a opinião sobre o funcionamento. “Isso vai permitir aos produtores participarem da avaliação e desenvolvimento ponto a ponto. Depois que concluirmos a fase de testes, o aplicativo também está disponível para o sistema iOS.”