NOTÍCIAS
compartilhar este link
NOTA: CitrusBR e o Consecitrus

22/09/2017 16:11:36
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
05/12/2014
Starbucks abre local para preparar e degustar bebidas premium

Portal Exame - 05/12/2014 - Estratégia é levar clientes em uma viagem mágica do café

O presidente-executivo da norte-americana Starbucks, Howard Schultz, trabalha para não deixar uma série de lojas independentes superar sua rede global de café no segmento de produtos premium.

Falando em eventos antes da estréia pública do estabelecimento de 15 mil metros quadrados da Starbucks para a preparação e degustação de café de reserva, Schultz prometeu ficar um passo à frente de rivais, que incluem redes de café como Blue Bottle, Intelligentsia e Stumptown.

"Nunca permitiremos que nenhuma companhia de café, domesticamente ou ao redor do mundo, nos coloque em uma posição subordinada em termos de qualidade e acesso ao café arábica de melhor qualidade", disse Schultz.

O sofisticado estabelecimento da Starbucks comercializa pequenos lotes de Peaberry Sumatra e outros cafés de fornecimento limitado da Starbucks vendidos por entre 13 e 50 dólares por um pacote de pouco mais de 220 gramas.

Alguns dos grãos serão preparados e vendidos com comida feita pelo premiado chef Tom Douglas, enquanto outros serão embalados para venda em mais de 1.500 lojas da Starbucks ao redor do mundo.

Schultz planeja abrir um segundo estabelecimento de preparação e degustação com a marca "Star R" na Ásia em 2016. Ele prometeu ainda adicionar 100 lojas apenas de café de reserva nos próximos anos.

"Essa é uma oportunidade para que nós eduquemos nosso cliente fidelizado e novos clientes sobre a natureza exótica destes cafés raros e de pequenos lotes", disse Schultz, acrescentando que foi inspirado pelo proprietário fictício da fábrica de chocolate Willy Wonka a "levar as pessoas em uma viagem mágica do café".