NOTÍCIAS
compartilhar este link
O HLB é a bola da vez

17/02/2017 11:31:41
As gigantes fazem suas apostas

09/08/2016 12:29:03
A problemática fila da Anvisa

25/07/2016 12:44:28
Vem aí o suco expresso?

19/07/2016 14:17:06
O vale dourado da Sun Pacific

11/07/2016 16:30:25
Lista PIC

21/05/2015
Greening causa perdas na China

17/04/2015 15:30:27
Heinz e Kraft anunciam fusão

26/03/2015 17:11:06
Uma doutora em defesa do suco

09/03/2015 15:48:52
Um viva para os benefícios

02/03/2015 15:03:31
Modelo Consecitrus II

04/02/2014 16:13:00
Mais verba contra o greening

03/02/2014 11:12:00
Produção em queda

10/12/2013 15:43:00
Momento de unir forças

01/11/2013 12:43:00
A safra de Steger

19/08/2013 19:09:00
Informação compartilhada

09/08/2013 11:09:00
Os caminhos da citricultura

25/04/2013 13:01:00
Citricultura na TV

11/04/2013 15:11:00
Laranjas em queda

11/04/2013 14:24:00
Doenças avançam

08/04/2013 12:23:00
Novos rumos para a laranja

13/03/2013 16:02:00
Os números da safra

08/03/2013 15:47:00
O mapa dos citros na Europa

03/01/2013 11:29:00
Menos laranja na Flórida

12/12/2012 15:06:00
12/11/2014
USDA divulga nova estimativa de safra da Flórida

The Ledger - 12/11/2014 - Departamento do governo reduziu volume total de tangerinas na temporada 2014/2015 em 7%, mas manteve previsão total de 108 milhões de caixas

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou uma revisão na estimativa da safra 2014-2015 para citrus. A revisão é a primeira depois da estimativa divulgada em 10 de Outubro e apresenta uma redução de 200 mil caixas no total de tangerinas para a Flórida, queda de 7%, ficando agora em 2,6 milhões de caixas. 

A redução no volume se deve ao tamanho reduzido das frutas de variedades precoces, incluindo um recorde negativo no tamanho dos frutos das tangerinas Sunburst. O volume total estimado de citrus continua em 108 milhões de caixas, enquanto a produção de grapefruit prevista segue em 15 milhões de caixas e tangelos em 900 mil caixas. 

Esta é a primeira vez que o USDA faz uma revisão da estimativa de safra em novembro. A iniciativa foi uma resposta do departamento de governo americano aos produtores, que durante as últimas duas temporadas ficaram surpresos com as grandes reduções nos volumes estimados no relatório publicado em Dezembro, que geralmente é a primeira revisão depois da divulgação dos dados oficiais em Outubro.